Dúvidas sobre Blindagem de Veículos

Dúvidas sobre Blindagem de Veículos, as perguntas mais frequentes são respondidas abaixo.

Qualquer veículo pode ser blindado?

Sim, técnicamente seria possível desmontar e revestir qualquer veículo com vidros e aço balistico, tornando-o mais protegido contra disparos de armas de fogo. Entretanto a blindagem adiciona em média 150kg ao veículo, dessa forma, não compensa blindar carros populares ou muito antigos até porque em alguns casos a blindagem pode custar 3 vezes o valor do veículo.

O que é área opaca e transparente?

A área opaca corresponde as partes metálicas do veículo, ou seja, toda sua lataria. Ela é revestida com mantas de aramida e aço balístico que absorvem e dissipam o impacto de um projetil. protegendo os ocupantes do veículo.

Já a área transparente são todos os vidros do veículo. Eles são substituídos por vidros especiais, com muitas camadas sobrepostas que podem atingir a largura de até 2 centímetros. Cada vidro é chamado de painel e suporta até 5 disparos numa área de 20 cm².

Posso blindar apenas os vidros?

Sim, mas não compensa. Além disso blindar apenas os vidros custa quase o valor de blindar o carro todo. Blindar apenas os vidros pode custa até 80% de uma blindagem completa.

Empresas sérias, certificadas pelo exército e ministério da defesa não oferecem blindagem parcial. Leve isso em conta quando fizer orçamentos.

É possível blindar os pneus?

Sim embora os pneus não sejam, necessariamente, blindados. As rodas são revestidas com uma cinta ou borracha especial que permite o pneu rodar totalmente vazio. No caso de um disparo, o pneu furaria mas você poderia dirigir por cerca de 30 km até encontrar um local seguro para desembarcar.

Poderei descer os vidros do veículo?

Sim. É possível descer os vidros dianteiros parcialmente. Porém recomenda-se nunca guiar o veiculo com os vidros baixados, isso pode criar trincos e rachaduras na estrutura.

O veículo blindado é muito barulhento?

Não, pelo contrário, são muito mais silenciosos. Devido ao revestimento de aço balístico, mantas e vidros mais largos o interior do carro fica livre de ruídos externos. Dessa forma qualquer barulho no interior do veículo se torna muito mais alto que antes da blindagem. As vezes esse barulho até já existia mas não era percebido.

Por isso a importância de escolher bem sua blindadora. Lembre-se que ela desmontará e remontara seu carro inteiro. É uma tarefa delicada, complexa que pode ser a origem de alguns problemas relacionados aos ruídos.

Em caso de colisão, é possível reparar a blindagem?

Sim, com certeza. Em alguns casos a blindagem fica intacta mesmo após a colisão e o reparo na lataria pode ser feita diretamente na oficina de sua escolha. Mas caso a estrutura seja comprometida é necessário fazer a substituição. O recomendado é que você entre em contato com a blindadora antes de qualquer coisa.

O seguro depois da blindagem vai dobrar de valor?

Não necessariamente. Geralmente o seguro fica entre 30 e 50% mais caro, porém dependendo do perfil do condutor o valor do seguro pode dobrar sim.

Entre em contato com sua corretora e informe o valor da blindagem para inclusão na apólice. Evite deixar seu blindado sem seguro, no caso de colisão e necessidade de reparo na blindagem você gastaria uma fortuna se precisasse arcar com todas as despesas.

É necessário autorização especial para blindar o veículo?

Sim, é necessário autorização do Exército, Termo para Autorização de Blindagem mas isso fica a cargo das blindadoras e você não precisa se preocupar.

E quanto a documentação de um veículo blindado, há alguma diferença?

Sim, o documento contém a informação que o veículo é blindado. Você precisa levá-lo ao Detran para vistoria e emissão de um novo documento. Entre em contato com o despachante de sua confiança de obtenha mais informações.